Placa Adesiva – Proibido Venda de Combustível em PET

//Placa Adesiva – Proibido Venda de Combustível em PET

Placa Adesiva – Proibido Venda de Combustível em PET

Placa Adesiva – Proibido Venda de Combustível em PET

Placa Adesiva para ser fixada na pista orientando os clientes sobre a obrigatoriedade da utilização do Galão Certificado.

Proibido Venda de Combustível em PET

A venda de combustíveis (gasolina, diesel e etanol) em recipientes como garrafas pet e embalagens improvisadas é proibida em postos de todo o país, mas poucos consumidores sabem.

De acordo com a resolução da ANP a venda de combustíveis fora do tanque do carro só será permitida em recipientes que atendam às regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). E esta regra diz que os recipientes precisam ser rígidos, certificados e fabricados para isso. Como um galão, por exemplo, que tem a marca do Inmetro.  Já as garrafas plásticas ou pet, que muita gente leva ao posto, não servem.

Vale ressaltar que a Resolução 41/2013 da ANP não define a obrigatoriedade de expor cartaz sobre o tema. Trata-se apenas de uma orientação para que o revendedor se resguarde perante aos seus clientes

Orientação – Serve para facilitar o vida do frentista que não precisa explicar para o cliente sobre a obrigatoriedade do uso Galão Certificado.

Tamanho: 20 x 27cm

Pode ser fixado na Pista em locais com coluna ou bomba de abastecimento. 

Categoria:

Descrição

Placa Adesiva – Proibido Venda de Combustível em PET

Placa Adesiva para ser fixada na pista orientando os clientes sobre a obrigatoriedade da utilização do Galão Certificado.

Proibido Venda de Combustível em PET

A venda de combustíveis (gasolina, diesel e etanol) em recipientes como garrafas pet e embalagens improvisadas é proibida em postos de todo o país, mas poucos consumidores sabem.

De acordo com a resolução da ANP a venda de combustíveis fora do tanque do carro só será permitida em recipientes que atendam às regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). E esta regra diz que os recipientes precisam ser rígidos, certificados e fabricados para isso. Como um galão, por exemplo, que tem a marca do Inmetro.  Já as garrafas plásticas ou pet, que muita gente leva ao posto, não servem.

Vale ressaltar que a Resolução 41/2013 da ANP não define a obrigatoriedade de expor cartaz sobre o tema. Trata-se apenas de uma orientação para que o revendedor se resguarde perante aos seus clientes

Orientação – Serve para facilitar o vida do frentista que não precisa explicar para o cliente sobre a obrigatoriedade do uso Galão Certificado.

Tamanho: 20 x 27cm

Pode ser fixado na Pista em locais com coluna ou bomba de abastecimento.